O PROGRAMA POCTEP FINANCIA O PROJECTO HIBA PARA A CRIAÇÃO DE UM ECOSSISTEMA MULTIRREGIONAL ESPANHOL-PORTUGUÊS COM A DIGITALIZAÇÃO DO SECTOR AGRO-ALIMENTAR COMO SEU OBJECTIVO.

Dezanove entidades relacionadas com o empreendedorismo e a inovação digital no sector agro-alimentar participam neste projecto do programa Interreg VA Espanha-Portugal (POCTEP) com um orçamento de 5,3 milhões de euros.

O projecto Interreg “Hub Iberia Agrotech” (HIBA) é uma iniciativa hispano-portuguesa com um orçamento de 5,3 milhões de euros, co-financiado a 75%, para a criação de um ecossistema multi-regional destinado à digitalização do sector agro-alimentar através dos Hubs de Inovação Digital (DIH). A HIBA irá ligar diferentes actores, incluindo vários DIHs em Espanha e Portugal, reforçando a ligação dos ecossistemas locais de inovação agro-alimentar.

No total, 19 parceiros beneficiários, incluindo entidades relacionadas com a inovação e digitalização do sector agro-alimentar em Espanha e Portugal, trabalharão até 31 de Dezembro de 2022 na criação de uma rede ibérica de DIHs na Agrotech para fomentar o empreendedorismo e melhorar a competitividade empresarial baseada na inovação digital, promovendo o relançamento económico pós-COVID 19.

O projecto HIBA, liderado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária, Pescas e Desenvolvimento Sustentável do Governo Regional da Andaluzia através da Andaluzia Agrotech DIH, irá criar serviços de teste e experimentação de tecnologias relacionadas com a observação da terra, robótica, Internet das Coisas e Inteligência Artificial, irá desenvolver itinerários de formação em transformação digital e empreendedorismo para a formação profissional, universidade e para todos os cidadãos, bem como implementar um serviço de aconselhamento para a transformação digital das PMEs agro-alimentares.

No âmbito do projecto, a Fundação Finnova é responsável pela Coordenação do grupo de trabalho de Comunicação (Actividade 6), promoverá o Plano de Informação e Comunicação para o posicionamento internacional do projecto e organizará vários eventos de Informação e Comunicação. Além disso, a Finnova contribuirá com a sua experiência na dinamização do ecossistema empresarial local e na inovação aberta, bem como na comunicação internacional, e trabalhará em acções para a capitalização e exploração dos resultados e a sustentabilidade do projecto após a sua conclusão:

  • impulsionar o ecossistema empresarial local e as empresas do sector;
  • impulsionando a inovação aberta e
  • transferência de inovação e conhecimentos na área de intervenção.

A Finnova promoverá acções de troca de conhecimentos, redes de colaboração e trabalho em rede e participará também no resto das actividades do projecto: Actividade 1. Impulsionar o ecossistema transfronteiriço para semear o empreendedorismo na cadeia de valor agro-alimentar através da rede do IHL; Actividade 2. Impulsionar o ecossistema empresarial local e multi-regional; Actividade 3. Desenvolvimento de Capacidades de Formação e Ambientes de Experimentação para a Inovação Empresarial Digital. DemoLabs; Actividade 4. Exploração e Capitalização dos Resultados para a sustentabilidade do projecto; e Actividade 5. Gestão e coordenação

DE ACORDO COM AS POLÍTICAS EUROPEIAS

O projecto HIBA irá reforçar o tecido empresarial multi-regional através de programas de inovação aberta e de especialização inteligente, em conformidade com a Estratégia Horizonte Europa e Europa Digital e as políticas da DG CONNECT, que está empenhada numa colaboração estruturada entre os Pólos Europeus de Inovação Digital. As actividades propostas no âmbito desta iniciativa estão também em conformidade com o que está expresso no Pacto Verde Europeu ao favorecer uma gestão eficiente, sustentável e conjunta dos recursos. Estão também em conformidade com as propostas estabelecidas no Documento de Orientação Fronteiriça para a fronteira Espanha-Portugal da Direcção-Geral de Política Regional e Urbana (DG REGIO) da Comissão Europeia sobre questões de cooperação, dando prioridade a áreas comuns em estratégias regionais de especialização inteligente (RIS3), apoiando a gestão da inovação e o desenvolvimento de capacidades e apoiando actividades orientadas para o mercado.