JORNADA FORMATIVA FIREPOCTEP. Intercâmbio de boas práticas na gestão sustentável de resíduos florestais e agrícolas

  • O evento acontecerá na quarta-feira 24 de novembro de 2021, das 16:00 às 17:30 (CET), em formato on-line.
  • Durante o evento, especialistas internacionais apresentarão soluções para a melhoria da gestão de resíduos florestais e agrícolas, a fim de reduzir os incêndios florestais.
  • O evento servirá para conhecer as oportunidades e as convocatórias sobre os fundos europeus oferecidas pela EU.   

Bruxelas, 15.11.2021

Na próxima quarta-feira 24 de novembro de 2021, das 16h00 às 17h30 (CET), acontecerá o evento online “Jornada Formativa FIREPOCTEP. Intercâmbio de boas práticas na gestão sustentável de resíduos florestais e agrícolas”. Organizado pela Fundação Finnova no âmbito da Semana Européia de Prevenção de Resíduos, este evento visa mostrar soluções para melhorar a gestão de resíduos florestal e na agricultura, a fim de reduzir o risco de incêndios florestais e seus efeitos na região da Raya, fronteira entre Espanha e Portugal.

Esta iniciativa, que pode ser registrada aqui, busca criar ferramentas conjuntas para facilitar a gestão de riscos no território de cooperação transfronteiriça, capitalizando os resultados, conhecimentos e boas práticas na gestão de resíduos florestais e agrícolas. Além disso, espera-se que esta ação formativa reduza o risco de incêndios florestais no território de cooperação transfronteiriça, assim como contribua para a comunicação e divulgação dos resultados do próprio projeto FIREPOCTEP.

Por outro lado, pela perspectiva dos especialistas em projetos europeus da Fundação Finnova, serão analisadas convocatórias, linhas de financiamento e programas proporcionados pela União Europeia para a sustentabilidade do projeto.

A jornada contará com a presença de especialistas internacionais no campo ambiental como Inmaculada Vázquez, membro da Agência de Meio Ambiente e Água (AMAYA) da Junta de Andalucía e coordenadora do FIREPOCTEP; José Manuel Requena, gestor de projetos europeus e coordenador do projeto FIREPOCTEP na Fundação Finnova; Héctor Juan Armas, técnico de projeto FIREPOCTEP; Francisco Rodríguez, diretor do Laboratório de Incêndios Florestais (Labifuco); Sofia Martins, gestora de projetos da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL); Ana Luisa Abreu Alferes, técnica sênior do ICT-Instituto de Ciências da Terra da Universidade de Évora, entre outros. FIREPOCTEP trabalha para um controle efetivo dos incêndios florestais e aborda suas consequências para evitar sua ocorrência a partir da base, através de formação e uma abordagem orientada para a mitigação da mudança climática com ênfase no ambiente rural. Por meio de um conjunto de 21 beneficiários que compõem o consórcio do projeto, tanto portugueses como espanhóis, se busca melhorar os esforços de prevenção e extinção de incêndios florestais na região fronteiriça entre Espanha e Portugal.

Sobre o Interreg FIREPOCTEP (www.firepoctep.eu)

O projeto “Fortalecimento dos sistemas de prevenção e extinção de incêndios florestais transfronteiriços e melhoria dos recursos para a geração de emprego rural pós Covid-19 (FIREPOCTEP)” está no marco da quarta convocatória do Programa de Cooperação Transfronteiriça Interreg V-A Espanha-Portugal 2014-2020 (POCTEP), co-financiado em 75% pelos Fundos FEDER com um orçamento total de 5,6 milhões de euros. Com duração de 3 anos (01/01/2019 a 31/12/2021), o principal objetivo do projeto é analisar o impacto da mudança climática sobre o risco de incêndios e seus efeitos em torno da Raya (Espanha e Portugal). Para este fim, serão criadas ferramentas conjuntas para facilitar a gestão de riscos no território da cooperação através da capitalização de resultados, conhecimentos e boas práticas.

A FIREPOCTEP não só melhorará a cooperação e coordenação das forças de combate a incêndios, mas também servirá como exemplo de boas práticas focadas na proteção e promoção do meio ambiente que, por sua vez, permite a criação de emprego e inovação nas áreas rurais através de ações formativas, apoiando a economia local e a conservação da paisagem.

Sobre a Fundação Finnova (www.finnova.eu)

Fundação Europeia para o Financiamento da Inovação. É uma fundação europeia com sede em Bruxelas e em Espanha, cujos objetivos são promover a cooperação público-privada através da inovação para enfrentar desafios sociais como o emprego, a formação, o empreendedorismo, os ODS das Nações Unidas, a economia circular, etc. Finnova organiza os Startup Europe Awards, uma iniciativa da Comissão Europeia e da Fundação Finnova, para reconhecer as melhores startups europeias no âmbito social.